novembro 27, 2006

Um pedaço da França na antiga Praça do Comércio

Posted in CCBB, Construções Históricas, Cultura, Entrada Franca, fotos, História, Rio de Janeiro, RJ, Turismo às 12:34 am por popturismo

casafranca.jpg

   A bela Praça projetada por Grandjean de Montigny, encomendada por D. João VI em 1819, atualmente abriga a Fundação Casa França-Brasil. Sendo a primeira construção em estilo neoclássico do Rio de Janeiro, foi reconhecida e tombada pelo IPHAN (na época, D.P.H.A.N) como patrimônio artístico e cultural em 1938.
   Após um período de abandono, Darcy Ribeiro, antigo Secretário de Cultura do Estado, e Jack Lang, Ministro da Cultura, propuseram a restauração do local e a transformação deste em um centro cultural, com o intuito de intercambiar cultura entre Brasil e França. Em 1989, idealizou-se o projeto de utilização do espaço pelo museólogo francês Pierre Catel e em 29 de março de 1990, a Casa França-Brasil é aberta ao público, tornando-se um espaço de múltiplas atividades culturais.
   Mesmo havendo muitas exposições, eventos, mostras de filmes e ser bem divulgada, a Casa França-Brasil não é tão visitada. De acordo com Carlos Vieira, vigia local, quem mais a visita são estudantes e quem menos freqüenta as exposições são os moradores do subúrbio: “Os suburbanos não vêm muito aqui, a não ser quando tem alguns eventos especiais semelhantes ao Animamundi”. Como ir ao centro do Rio de Janeiro e aos bairros da Zona Sul carioca é muito demorado para os moradores do subúrbio, muitos preferem não deslocar-se. Com um transporte escasso e demorado em certas partes do Rio, além da pouca divulgação de atividades culturais nesses locais, muitas pessoas perdem a oportunidade de ver exposições muito interessantes devido à deficiência no transporte coletivo ou simplesmente pelo desconhecimento sobre eventos.
   As atuais exposições da Casa França-Brasil, Bamako e Aller/Retour//Paris/Rio, fazem parte do circuito de atividades culturais realizadas pelo Fórum Cultural Mundial (FCM) previstas para 2006. A primeira expõe fotografias africanas pertencentes a Bienal Africana de Fotografia, organizada e produzida pelos governos de Mali e da França. São 51 fotografias de Mark Lewis, da África do Sul; de Bukkie Opebiyi, da Nigéria; de Jean Luc de Laguarigue, da Marticica; de Mohamed Yahia Issa, do Sudão; e de Mamadou Konaté, de Mali.
   A segunda exposição, Aller//Retour, é o resultado de um projeto na Cooperativa de Trabalho Artesanal e de Costura da Rocinha (COOPA-ROCA), desenvolvido com a seleção de cinco jovens franceses de design e moda que lá trabalharam por dois meses, produzindo, então, objetos de decoração e acessórios de moda. Estes foram criados por Jeanne Goutelle, Margot Allard Poesi, Sam Baron, Aurélie Mathigot e Benoît Missolin e apresentados ano passado no Ateliers de Paris, de 08 de novembro à 28 de dezembro, como parte das comemorações do “Ano do Brasil na França”. O período da exposição na Casa França-Brasil é de 14 de novembro a 10 de dezembro de 2006, de terça a domingo, de meio-dia às oito da noite, com entrada franca.

Endereço: Rua Visconde de Itaboraí, 78 – Centro – CEP 20010 060
Tel/Fax: 2253 5366
Site:
www.fcfb.rj.gov.br
E-mail: fcfb@sec.rj.gov.br

casafranca2.jpg casafranca1.jpg

Matéria: Nathalia Bernardes
Fotos: Nathalia Bernardes

 

Anúncios

novembro 6, 2006

Cultura no Centro do Rio

Posted in CCBB, Centro Cultural, Construções Históricas, Cultura, Entertainment, Entrada Franca, Rio de Janeiro, RJ, Turismo às 5:27 pm por popturismo

ccbb.jpg

   O Centro Cultural do Banco do Brasil, localizado na rua Primeiro de Março, 66, no centro do Rio de Janeiro, comemora os 100 anos de sua inauguração com a mostra “Cem anos de Primeiro de Março”, sobre a importância do banco na história financeira e cultural do país. O prédio erguido em 1880, tem uma bela arquitetura neoclássica. Foi sede da Associação Comercial do Rio e do Banco do Brasil, tornando-se centro cultural a partir de 1989. Para celebrar esses 17 anos de incentivo à cultura, apresenta exposição “Fé, Engenho e Arte – Aleijadinho e seu Tempo”. Além de exposições a programação do CCBB é composta por diferentes formas de expressão artísticas teatro, cinema e música. O ingresso para muitas dessas atividades é gratuito.
O CCBB, com importantes monumentos históricos, como a Candelária, o Paço Imperial, a Praça XV e o Centro Cultural dos Correios, entre outros, formam um corredor cultural, integrando o roteiro turístico da cidade e atraindo um público diversificado de estudantes, crianças, idosos, turistas estrangeiros e nacionais. Segundo o funcionário do CCBB, Marcos Melo, de 25 anos, a proximidade com esta área, o baixo valor dos ingressos e a divulgação, transformou o centro cultural em um pólo turístico. Ele acredita que a sua inauguração foi por incentivo à cultura e não com propósito turístico, pois é um bom marketing para a instituição, que ainda recebe isenção fiscal.
   O CCBB é formado por dois teatros, quatro salas para mostras, biblioteca, auditório, museus, arquivo histórico, centro educativo, salas de vídeo e cinemas. Aos domingos são exibidos filmes de graça. Todo ano apresenta uma grande exposição que dura quatro meses, além das atividades paralelas, uma verdadeira salada cultural. O estudante Silvio Telles de 24 anos, morador do Méier, foi ao CCBB pela primeira vez, adorou e pretende voltar.
   A exposição “Fé, Engenho e Arte – Aleijadinho e seu Tempo” vai até 11 de fevereiro de 2007, “Cem Anos de Primeiro de Março, 66” e termina no dia 3 de dezembro. O Odin Teatret Festival encerra sua apresentação no 28 de novembro. A programação detalhada para esses e outros eventos se encontra no site do Banco do Brasil.

R. Primeiro de Março , 66 – Centro – CEP 20010-000
Tel: (021) 3808-2020
Site:
www.bb.com.br/cultura

ccbb_mini.jpg aleijadinho_mini.jpg

 Matéria: Débora Rolim
Fotos: Divulgação