novembro 6, 2006

Paço Imperial – História quase esquecida

Posted in Construções Históricas, Cultura, Entrada Franca, História, Museus, Paço Imperial, Rio de Janeiro, Turismo às 5:29 pm por popturismo

paco_principal.jpg

   Treze de Maio de 1888, abolição da escravidão no Brasil. Em uma das grandes salas do Palácio Imperial, na Praça XV de Novembro, a princesa Isabel assina e oficializa a Lei Áurea.
   Pouco mais de 112 anos após esse marco na história do Brasil, o local que deveria, por este e outros acontecimentos, ser um dos mais importantes pontos turísticos históricos é encontrado às moscas. Poucos conhecem um dos locais mais importantes da história do país. O palácio já foi residência de governadores e sede das capitanias do Rio de Janeiro, hoje se tornou um museu de grande importância no roteiro histórico do Rio de Janeiro.
   A poucos metros do Centro Cultural Banco do Brasil, que contrasta escandalosamente em relação a visitantes, o museu do Paço Imperial é visto como segunda alternativa nos passeios de vários turistas que, por acaso, visitam as suas exposições: “Sempre vou ao CCBB, às vezes quando me lembro dou uma passada aqui no Paço”, explica Patrícia Tavares, arquiteta visitante da exposição de Claudia Moreira sobre design.
   Para o porteiro Manoel Couto, de 48 anos, que trabalha há 12 anos no local, o que afasta os visitantes do museu é a falta de segurança, que acabaria quando começasse a revitalização do centro: “Essa revitalização traria segurança para nós, funcionários, e para os visitantes”, justifica o porteiro. Enquanto visitávamos o museu não foi vista uma só patrulha da polícia militar no local.
   O museu atualmente conta com cinco exposições, sendo duas permanentes, sobre a história do Paço e de Luiz Carlos Brugnera. As outras estão em fim de exposição e permanecem até 06 de novembro: Luciano Figueiredo – Do Jornal à Pintura, Nana Bernardes – O trabalho é seu, que conta com obras audiovisuais, e a da designer Claudia Moreira Salles.
   As obras, o ambiente, a localização, nada deixa a desejar a outros museus. Tendo exposições de artistas contemporâneos, entrada franca todos os dias e grande conteúdo histórico cultural, o Paço Imperial possui tudo para ser um local tão visitado como seu vizinho, o CCBB. Com um pouco mais de divulgação das exposições, um pouco mais de treinamento para os funcionários e alguns monitores-guias permanentes, o Paço pode se tornar um dos mais visitados.
   O museu ainda pré-agenda visitas para grupos escolares com guias (se houver exposição). Está aberto de terça a domingo, das 12h às 18h.

Endereço: Praça XV de Novembro, 48 – Centro – CEP 20010-010
Tel: (21) 2533 4491 /2533 7762 fax: 2533 4359
Site:
http://www.pacoimperial.com.br/

paco_mini.jpg paco_mini1.jpg

Matéria: Osmar Galvão
Fotos: Laís Orsolon

Anúncios