novembro 27, 2006

Beleza barroca no centro do Rio

Posted in Igreja, puc, Rio de Janeiro, RJ, São Francisco, Turismo às 3:18 am por popturismo

 

igrejaentrada.jpg

 

Em meio à agitação do Largo da Carioca, esconde-se um dos mais belos tesouros do Rio de Janeiro: a Igreja da Venerável Ordem Terceira de São Francisco da Penitência, localizada no alto do morro de Santo Antônio. Considerada a expressão máxima do barroco brasileiro, a igreja começou a ser construída em 1657 e só ficou pronta em 1772. Somente o processo de douração levou 30 anos.
Segundo dona Desirée, como gosta de ser chamada, coordenadora do local já há 10 anos, a igreja recebe vários turistas estrangeiros e de outras partes do Brasil, mas cariocas a visitam muito pouco. “Por ser uma igreja recuada, quem a vê pensa ser a continuação da do Convento de Santo Antônio. Eu botei uma placa na frente, com a ajuda do IPHAN, para melhorar a sinalização”, diz.
A construção luso-brasileira exibe o trabalho de três dos maiores artistas portugueses da época: Manuel de Brito, o mestre escultor Francisco Xavier de Brito e o pintor Caetano da Costa Coelho, responsável pela pintura da glorificação de São Francisco em perspectiva.
Atualmente não estão sendo celebradas missas, devido ao processo de restauração, um investimento da ordem de 3,5 milhões de reais feito pelo BNDES, através da Lei Rouanet, de incentivo à cultura. “Não há missas, pois o povo não sabe se comportar. Mas continuamos realizando casamentos”, explica Desirée. Na entrada é cobrada uma taxa de dois reais, destinada à manutenção da limpeza. “Como estamos sem a arrecadação das missas, tivemos de cobrar um ingresso para podermos manter o local limpo”, esclarece.
Todo o seu interior é revestido em talha de madeira recoberta com folhas de ouro, diferentemente das igrejas de Minas Gerais, revestidas por ouro em pó. As imagens de santos vieram todas de Portugal. Um dos seus destaques é o piso do altar-mor, em encaixe de mármore, repetidos nas pinturas dos painéis laterais. Em uma sala lateral, encontra-se um pequeno museu contendo alguns objetos usados na Procissão das Cinzas. Entre eles, a imagem de Cristo em papel marché, usada nas famosas procissões.
A igreja fica aberta para visitação de quarta à sexta, das 11 às 16 horas.

Endereço:Largo da Carioca, 5 – Centro
Tel/Fax: (21) 22620197

 

igreja1.jpg igreja2.jpg

Matéria: Laís Orsolon
Fotos: Nathalia Bernardes

novembro 25, 2006

História, literatura e arte

Posted in Construções Históricas, Cultura, Entrada Franca, História, puc, Rio de Janeiro, RJ, Turismo às 10:39 pm por popturismo

real.jpg

   Freqüentemente confundido com uma Igreja pelos transeuntes da rua Luís de Camões, O Real Gabinete Português de Leitura possui a maior acervo de obras portuguesas fora de Portugal. Com cerca de 350.000 livros e inteiramente informatizado, seus maiores visitantes são turistas nacionais e estrangeiros, além de estudantes universitários, pois localiza-se próximo ao Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
   Além de uma valiosa biblioteca, abrigando obras raras, manuscritos, cartas e primeiras edições, há também uma importante coleção de pinturas de José Malhoa, Carlos Reis, Oswaldo Teixeira, Eduardo Malta e Henrique Medina. Dentre as suas obras raras, encontra-se: um exemplar da edição “princeps” de “Os Lusíadas”, de 1572; as “Ordenações de D. Manuel”, por Jacob Cromberger, editadas em 1521; os “Capitolos de Cortes e Leys que sobre alguns delles fizeram”, editados em 1539; “Verdadeira informaçam das terras do Preste Joam, segundo vio e escreveo ho padre Francisco Alvarez”, de 1540.
   O traço neomanuelino da construção, de autoria do arquiteto português Raphael da Silva e Castro, também é um bom motivo para visitar o Real Gabinete. Com uma fachada exuberante e um interior espetacular, é um prazer passar uma tarde lendo obras portuguesas com total conforto e tranqüilidade em pleno centro do Rio de Janeiro. Pode-se, nos intervalos da leitura, olhar maravilhado ao redor e fazer uma viagem à época na qual o Real Gabinete Português era freqüentado por Machado de Assis, durante sessões da Academia Brasileira de Letras realizadas no local, pelo escritor Ramalho Ortigão, Joaquim Nabuco e, ainda, pela Princesa Isabel, que presenciou a inauguração.
   Atualmente, entre os eventos que lá ocorrem, há colóquios, cursos, conferências, palestras e congressos. O último evento ocorrido foi o colóquio “A lusofonia e o livro nas relações culturais luso-brasileiras”, com o apoio do Instituto Português do Livro e das Bibliotecas, realizado nos dias 20 e 21 de novembro. Participaram dele professores brasileiros e portugueses abordando o tema do livro português no Brasil.
   Com tantos atrativos e oportunidades de adquirir mais conhecimento, o Real Gabinete é uma relíquia portuguesa no meio da agitação do centro da cidade.

Endereço: Rua Luís de Camões, 30 – Centro – CEP 20051 020
Tel.: (21) 2221 3138 / 2221 2960
Site:
www.realgabinete.com.br
E-mail: realgabinete@uol.com.br

real1.jpg  real2.jpg

Matéria: Nathalia Bernardes
Fotos: Nathalia Bernardes