outubro 30, 2006

Museu do Folclore Edson Carneiro: Um Escondido Tesouro

Posted in Cultura, Entertainment, Entrada Franca, folclore, glória, Museu de Folclore, Museu de Folclore Edison Carneiro, Museus, Rio de Janeiro, RJ, Turismo às 5:29 pm por popturismo

museudofolclore10.jpg

   Bumba-meu-boi, Folia de reis, Maracatu, Cavalhada, Escolas de Samba, etc. Tudo está registrado no excelente acervo que contêm 12 mil objetos, 130 mil documentos bibliográficos e cerca de 70 mil documentos audiovisuais do MFEC, Museu de Folclore Edison Carneiro, no bairro do Catete, Rio de Janeiro. Com tem entrada franca, ele está aberto a visitações de terça a sexta-feira, de 11 às 18h e aos sábados, domingos e feriados, de 15 às 18h. Visitar este museu é como fazer uma viagem ao interior do país, conhecer meios antigos de produção e um pouco da diversidade cultural.
   Os trabalhos são surpreendentes. Os artistas exploram técnicas de seu dia-a-dia como a fabricação de farinha, de cachaça, rapadura, de vinhos, queijos, trançados (pesca e renda) e criação de gados. Tudo é reproduzido com grande riqueza de detalhes, as miniaturas são feitas em barro, algumas com movimentos, e há reproduções em tamanho real com maquinários já desativados.
   Nos trabalhos feitos à barro há obras de grandes escultores desconhecidos do grande público, mas que muito contribuíram para a cultura nacional, como Nhô Caboclo, GTO, Louco, Benedito e outros mais. São obras dos mais distantes cantos do país, como Maragogipinho-BA, Apiaí-SP e Buritizeiro – MG. Uma verdadeira salada cultural temperada com uma trilha sonora folclórica que toca no interior do museu.
   Além de obras em barro, o museu aborda festas populares como o Maracatu, o Carnaval Carioca, a Cavalhada, a Roda de Cururu, os Clóvis, a Roda de Orixás, o Bumba-meu-boi e a Folia de reis. Todas com fantasias e fotos das festas. Religiões são apresentadas com imagens de santos e protetores tanto no Catolicismo, no Umbanda ou no Candomblé.
   Certamente é um tesouro escondido do restante do mundo. Ao contrário dos outros pontos turísticos da cidade do Rio de Janeiro, poucos são os turistas que conhecem o MFEC. Três grandes andares de pura cultura na Zona sul carioca sem nenhuma divulgação.
   O museu apresenta uma pequena exposição temporária do artista Manoel Silvio A. Fonseca, o Seu Silvio, que expõe vasos, imagens e têm algumas peças a venda nos mais variados preços. A exposição temporária permanece até 12 de novembro.

Endereço: Rua do Catete, 179 – Catete – CEP 22220-000
Tel: (21) 2285 0441 r. 204 e 206
Fax: ramal 210
Site:
www.museudofolclore.com.br

museudofolclore16_mini.jpg museudofolclore18_mini.jpg

Matéria: Osmar Galvão
Fotos: Nathalia Bernardes

Anúncios